Santa Cruz

Padroeiro (a): São Valentim
Conselheiro de Pastoral: Adriana de Souza

Comunidade de SANTA CRUZ

A localidade foi ocupada pelos Poloneses por volta do ano 1.914 mais ou menos em 1918, num terreno doado por Estanislau Tibincoski, construiu-se uma capelinha de madeira; os terços eram rezados em Polonês, muito cristãos, os moradores da Santa Cruz celebravam a Páscoa e o Natal com simplicidade, mas a ida a igreja fazia-se indispensável, pela fé e esperança daquele povo, dado as lida da lavoura, que vivia em casa de madeira coberta com palhas. Não passou uma só Quaresma, sem que essas famílias deixassem de rezar o terço, em 1951 o Pe. Boleslau conseguiu autorização para celebrar uma Missa na Comunidade. Em 1962 à Capela foi retirada e no seu lugar foi colocada uma grande cruz de granito, foi essa a origem do nome de Santa Cruz.
Com o tempo outras famílias e descendentes foram chegando.
Para os encontros de fé se dirigiam à Matriz São Donato, Vila Nova e Esperança; em 14 de abril de 1980 foi rezada outra missa, agora na escola com o objetivo de incentivar a comunidade a construir uma capela, após a missa uma comissão foi formada e discutiram sobre o terreno, marcou-se a primeira festa de Santa Cruz para o dia 20 de maio de 1980, no dia 3 de maio o terreno foi registrado e no ano seguinte começou as fundações da nova Capela. Em fevereiro de 1982 foi celebrada a primeira Missa na nova Igreja, o padroeiro escolhido foi São Valentim, já havendo um quadro do padroeiro, e mais tarde por pagamento de promessa foi doada a imagem de São Valentim, Padroeiro e protetor dos que sofrem de ataques epiléticos.
Nossa comunidade conta hoje com aproximadamente 100 famílias, cultua-se a plantação de fumo, feijão e milho e outras plantações.
Temos as pastorais organizadas: CPC, Liturgia, Ministros da Comunhão, Catequese, Apostolado da Oração, CAEP, Dízimo, Grupos de Famílias, Mãe Peregrina e Santas Missões Populares.
Nosso desafio é trazer os irmão e irmãs para o convívio da comunidade e estamos intensificando esse objetivo através das Santas Missões Populares.
Nossa maior dificuldade já não é novidade a todos, lutamos em defesa da vida e da natureza, contrários a degradação ao meio ambiente que estão querendo fazer em nossa comunidade, fazemos parte do Movimento Içarense pela vida. Com a ajuda do povo de Deus, a luta fica mais forte; as mãos se unem as nossas, para que a vida e a dignidade sejam preservadas. Continuamos trabalhando no anuncio do Evangelho em nossa comunidade e na defesa da vida.

Endereço: Santa Cruz
Telefone: (48) 9617-0552